Buscar
  • Kutner Wilk

Seguro viagem: por que todo viajante precisa dele?


Conhecer as vantagens de contratar um seguro viagem evita dores de cabeça na hora de viajar. Escolher o próximo destino, pesquisar hospedagem, garantir as passagens, programar passeios, fazer malas, embarcar. O planejamento de uma nova aventura deve ser bem programado. E, para evitar surpresas indesejadas, é necessário estar preparado para os imprevistos.


Como funciona um seguro viagem?

O seguro viagem é a garantia de assistência em casos de acidentes e situações adversas. Ele funciona como uma ferramenta de proteção caso ocorram acidentes e imprevistos. O serviço é essencial para quem viajará para o exterior, pois é a garantia de economia e tranquilidade para lidar com circunstâncias inesperadas, como casos de doença, necessidade de atendimento médico, emergências e incidentes. Afinal, uma consulta médica fora do país, pode resultar em uma conta amarga. O seguro viagem ainda é útil em casos como extravio de bagagens e acidentes.


Por que fazer um seguro viagem?

Porque imprevistos acontecem, e nessas horas, o seguro viagem garante assistência e proteção. Na hora de montar o roteiro da próxima viagem, ninguém imagina que pode ficar doente e tampouco se envolver em acidentes. "Não vale correr o risco e depois ter dor de cabeça e despesas que não estavam programadas. O valor de consultas fora do país pode ser exorbitante, inclusive, bem mais caro, do que o seguro", explica Marcelo Ávila, sócio da NeoCâmbio, uma plataforma de comparação e negociação de câmbio online e seguro viagem.


Quanto custa fazer um seguro viagem?

O valor do seguro viagem internacional pode variar bastante. Segundo Ávila, fatores como o lugar de destino, o plano contratado (básico ou completo), a seguradora, quantidade de pessoas que serão beneficiadas, a idade de cada um dos integrantes e o tempo de duração da viagem influenciam no preço. A duração da viagem, ou seja, o tempo de cobertura, também influencia nos custos.

Os seguros viagem devem ser contratados conforme o país e atividades que realizará: "seguro viagem simples não costuma cobrir acidentes causados pela prática de esportes radicais, por isso, o contratante deve detalhar para a seguradora o tipo de viagem que fará, e deste modo, a empresa poderá oferecer o plano ideal para cada pessoa", esclarece Ávila. "Outro ponto a se ficar atento é que as regras de seguro viagem variam de um país para outro", completa.


O que o seguro de viagem cobre?

A principal função do seguro viagem é cobrir atendimentos médicos e emergências, porém, as seguradoras oferecem outras vantagens para seus beneficiários, como assistência e indenização em casos de extravio de malas e bagagens.


Entre as vantagens do seguro viagem, pode-se destacar: atendimento médico 24 horas; seguro para o cancelamento da viagem, em caso de emergência médica; direito a acompanhante em caso de longa internação; gastos farmacêuticos; garantia de hospedagem após alta hospitalar; remarcação de passagem para regresso; assistência funeral; indenização no caso de morte ou de invalidez permanente ou total; assistência no caso de bagagem extraviada; despesas jurídicas; pagamento antecipado de fiança.


Como fazer um seguro viagem?

Na hora de contratar a proteção para a viagem, o contratante deve buscar seguradoras conhecidas e pesquisar bastante antes de decidir. "Não se deixe enganar pelos preços mais baixos. Opte por indicações e sites confiáveis na hora de fechar negócio", alerta Ávila.


Fonte: segs.com.br

4 visualizações

São Paulo, Guarulhos, Brasil

(11) 2441-0690

whatsapp-logo-png-i4.png
  • Facebook - White Circle

Estamos 

no FaceBook!

© 2018 Kutner Wilk Corretora de Seguros Ltda. Site produzido por Marchi Soluções